Homem mata sete pessoas em rua movimentada de Tóquio

Um homem perturbado desceu de um pequeno caminhão, em uma rua movimentada de Tóquio no domingo (8), e esfaqueou 17 pessoas em três minutos, matando sete delas, em um ataque terrível que chocou o Japão.

O ataque ocorreu na hora do almoço – na véspera do dia em que o Japão lembraria outro esfaqueamento em massa que aconteceu em 2001 – e levou o pânico a milhares de pedestres no apinhado bairro de Akihabara, uma área popular de diversão com fliperamas e jogos eletrônicos e bastante freqüentada por adolescentes e jovens. O atacante disse à polícia que estava em uma “missão de assassinato”.

O atacante de 25 anos, Tomohiro Kato, foi detido pela polícia com sangue pingando do rosto. A polícia disse que Kato não deu motivos para o ataque, além da sua vontade de matar pessoas desconhecidas. Dos sete mortos, seis eram homens e uma mulher.

“O suspeito disse à polícia que veio a Akihabara para matar pessoas,” disse Jiro Akaogi, porta-voz do departamento da Polícia Metropolitana de Tóquio.

“Ele disse que estava cansado da vida. Ele disse que estava doente com tudo,” disse Akaogi.

A violência começou quando Kato jogou o caminhão que dirigia – um veículo alugado, de duas toneladas – contra os pedestres. Em seguida, ele desceu do caminhão e começou a esfaquear as pessoas que havia atropelado. Depois, começou a esfaquear pessoas da multidão que assistia aterrorizada à cena.

A polícia confirmou que sete pessoas foram mortas – seis homens e uma mulher – mas ainda não pode afirmar se as pessoas foram mortas por causa do atropelamento ou dos ferimentos à faca.

Testemunhas dizem que o atacante grunhia e urrava enquanto esfaqueava os consumidores, em uma movimentada rua com lojas de computadores e fliperamas.

“Ele gritava e urrava de maneira eufórica, enquanto esfaqueava as pessoas por acaso”, disse um pedestre não identificado à emissora de televisão NHK.

Outra testemunha disse à NHK que o atacante largou a faca quando a polícia ameaçou atirar. Um vídeo amador feito por um transeunte com um celular mostra a polícia dominando o suspeito coberto de sangue.

O ataque paralisou o movimentado distrito de Akihabara e levou o pânico a milhares de freqüentadores neste domingo. Vídeos amadores feitos com celulares após a chacina mostram consumidores e pedestres ajudando os feridos e um homem berrando “ambulância, ambulância”.

Pelo menos 17 ambulâncias foram às pressas ao local. Quando a noite caiu em Tóquio muitos pedestres começaram a parar nas calçadas em Akihabara e rezaram pelas vítimas na cena do crime. Um buquê de flores, garrafas de chá verde e palitos de incenso foram deixados no local onde ocorreu a tragédia.

Raros no passado, ataques a faca viraram mais freqüentes no Japão no últimos anos, com o crescimento da criminalidade.

Em março, uma pessoas foi esfaqueada à morte e pelo menos sete ficaram feridas quando um homem invadiu um shopping center com duas facas e atacou as pessoas. Em um dos piores ataques, um homem com histórico de doenças mentais invadiu uma escola primária, em 9 de junho de 2001, e massacrou oito crianças com uma faca. O assassino foi executado em 2004.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Xiiiiiii

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s