Sertanejo:Gravadoras e emissoras de TV abrem espaço para estilo

De olho nos anunciantes que têm interesse no público sertanejo, as emissoras de televisão estão despertando para o gênero. A TV Bandeirantes, por exemplo, decidiu transmitir a festa de Barretos em rede nacional pela primeira vez este ano.

A emissora quer fazer do evento uma das suas maiores transmissões, em estrutura, duração e atração de anunciantes – a exemplo do que faz há uma década com o carnaval de Salvador. A rede Globo também transmite o evento.

Outro programa destinado a esse público também se destaca na grade da Band. O Terra Nativa, exibido nas noites de sexta-feira, criou um reality show para escolher uma nova dupla sertaneja. A vencedora da primeira edição do concurso vendeu 35 mil cópias do primeiro CD, um número expressivo para o mercado fonográfico de hoje. Neste ano, a disputa começou com sete mil inscritos e fez a audiência do programa disparar.

O Terra Nativa, com cinco pontos em média, é um dos programas de maior audiência da emissora. Segundo a Band, o programa atinge um nicho relevante de telespectadores, especialmente o público que vive no interior do Brasil. Por isso, tem um forte potencial para publicidade, principalmente para marcas que são mais conhecidas no interior do País do que nos grandes centros urbanos, informa o Departamento de Comunicação da empresa.

As gravadoras brasileiras – que amargam seguidas quedas no faturamento por causa da pirataria e da concorrência com os downloads gratuitos na internet – vêem no gênero a chance de alavancar seus negócios. Isso porque as duplas sertanejas são os principais alvos de um novo tipo de contrato que abrange, além de participação na venda dos CDs, uma fatia do que for arrecadado em shows e em contratos publicitários. “É um tipo de contrato de 360 graus“, explica o gerente de marketing nacional da EMI, Mário Portela.

Segundo ele, a nova modalidade de contratos é especialmente rentável no caso das duplas sertanejas. “Em termos de shows, o sertanejo hoje é nosso melhor negócio”, afirma.

Um dos artistas da gravadora, a dupla João Neto e Frederico, por exemplo, tem mais de 200 shows programados até o fim do ano. O cachê médio de cada apresentação é de R$ 80 mil. Os artistas, que seguem a linha mais pop do gênero, também fecharam contratos publicitários. “Essa já é a segunda maior fonte de receita deles”, diz o empresário da dupla, Wander Oliveira.

Fonte:  O Estado de S.Paulo

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Dica Revista Online, Rádio e Televisão

3 Respostas para “Sertanejo:Gravadoras e emissoras de TV abrem espaço para estilo

  1. Oi, boa noite!

    Muito bacana a iniciativa da Band.
    A musica do campo sempre foi sucesso no País.

    Abraços,

    Dupla Alecir & Alessandro – Cuiabá – MT.
    http://www.alecirealessandro.com.br

    Contatos para Shows:

    PLANET PRODUÇÕES LTDA.
    Sérgio Januário
    43 99276923

  2. poxa eu queria participar no seus progamos pois estou querendo oportunidades de mostrar nossos trabalhos….obrigado.

  3. GOSTARIA DE SABER QUAL O CRITERIO DE AVALIAÇAO DOS CANDIDATOS AO COUTRY ETAR MASCULINO. POIS NÃO DESMERECENDO OS DEMAIS, POIS O MEU FILHO CANTA MUITO BEM E NEM PARA O PENEIRÃO FOI CONVOCADO ESTOU AGUARDANDO O PRÓXIMO SE ACONTECER E VOU ESCREVE-LO NOVAMENTE E ESPERO UMA ATENÇAO MELHORADA NESTE CASO SEM MAIS PARA O MOMENTO MUITO OBRIGADO O NOME DO MEU FILHO É LEANDRO GOMES DA SILVA ( NOME ARTISTICO ELDÍ GOMES)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s