Arquivo da tag: amor

Revista Entrevista: amor fm estréia nova logomarca , e willian detoni fala sobre planos da emissora para 2009

amorfm

A rádio Comunitária “Amor FM” De Silvanópolis (MG), passou por uma renovação em sua logomarca e no padrão visual da emissora. A reformulação foi realizada para aproximar a marca do público da emissora que é formado por pessoas de 10 a 59 anos

Ainda Segundo Willian Detoni (diretor da emissora) , as mudanças não param por ai, ele menciona que em breve a emissora colocará no ar um novo site com a identidade visual nova da emissora,além de mencionar a presença de novos programas na emissora .

A rádio amor FM tem grande aceitação pelo publico de Silvanópolis por

 dar oportunidade à difusão de idéias, elementos de cultura, tradições e hábitos sociais da comunidade,  estimular o lazer, a cultura e o convívio social e  prestar serviços de utilidade pública  .

 

Além de ser muito bem acessada através da internet, por pessoas de todo o Estado de minas gerais, SP, RJ, Sul do pais, e países como Portugal, Canadá, Japão, Itália, Chile, Estados Unidos, Alemanha e Espanha.

 

 

1)    Willian, Muito obrigado por ceder a entrevista em nome da Amor FM a Revista on-line, Quais as expectativas da rádio amor FM para 2009?

R.: Olha  desde o começo com a abertura da Amor Fm, dificuldades surgiram e não foram poucas. Devido a nossa limitação em ser comunitária nunca desistimos de nossos sonhos e brigamos cada vez mais para expandir, mesmo que pela internet. Nossos planos esse ano é o de fazer parcerias com empresas da cidades e regionais para a manutenção da emissora, lançamento novo site, em busca constante de parceiros para montar portal da cidade, fazer parcerias com novos locutores e criar um laboratório para estudantes de jornalismo.

 

2)    Como é fazer parte do rádio comunitário no Brasil?

R: , imagina procurar uma agulha no palheiro. Achou difícil? Mas é isso mesmo. A falta de apoiadores no início nos tirou o sono, além de problemas como a formação de novos locutores, uma tarefa difícil para nós que nunca fomos da área. A baixa potencia também é um fator que nos delimita muito. Sempre temos projetos para ir as áreas mais distantes no município, mas muitos projetos só conseguem ser montados. Falta incentivo do governo no apoio a emissoras comunitárias, devido ao fato de que não podem receber recursos para divulgação das campanhas do governo, o que são feitas de graça. Fazer emissora comunitária no Brasil é um desafio acredito eu, que um milagre.

 

3)   Desde que a emissora entrou no ar até hoje quais foram as maiores dificuldades?

R: Marcos, difícil dizer agora. Nem foram tantos, e sim são tantos. A falta de recurso acredito é o maior de todos. A falta de apoio direto, garantido mensal, no limita em nossos projetos. Acabamos por vezes tirando dinheiro do nosso bolso para custear algumas despesas, por que amamos o que fazemos. Nosso trabalho todo é voluntário. O maior dos desafios Marcos, foi criar minha leva de locutores por trabalho voluntário e isso ainda é um desafio. Em muitas vezes gastamos meses de apoio, ajuda e quando a pessoa está apta, acaba or desistir, por falta de remuneração ou propostas melhores em rádios regionais. Mas isso só nos faz cada vez mais trabalhar e trabalhar. Um dia temos fé que essa realidade as emissoras de rádio venham ser sanadas.

 

4)    Qual o balanço que você faz da emissora de sua estréia até os dias hoje ?

R: , é melhor que imaginávamos. Falta apenas apoio financeiro local forte para que a emissora possa investir em novos equipamentos de transmissão, criar seu estúdio próprio. Mas tenho certeza que é bastante positivo apesar das dificuldades.

 

5)    Em sua opinião as emissoras comerciais prejudicam as comunitárias?

R: , elas com medo de melhorar sua programação, criar, inovar, acabam denunciando, perseguindo as comunitárias pois muitas se destacam, e crescem. Emissoras antigas em muitas vezes estão engajadas e sua posição para se ver livre da comunitária, fazem denuncias para seu fechamento. Acredito que se deve inovar e não perseguir quem cria. A comunitária, em muitas vezes atrai a atenção de comerciantes, por que sua abrangência, seu carisma, seu jeito, e seus custos em divulgação trazem fôlego a novos comerciantes no inicio das suas atividades. Outro ato triste  que presencio na região é que as comerciais além de denunciar, sempre acabam por colocar transmissores na mesma freqüência das comunitárias para prejudicar sua transmissão, tentando mostrar falta de qualidade, para mim isso se chama crueldade. Mas fazer o que né, essa é a realidade da radiodifusão brasileira.

 

6)    Como você enxerga o futuro do rádio comunitário no Brasil com a chegada do rádio digital?

R: , acredito que muitas emissora com essa nova tecnologia irão sumir do mapa. Mas a convergência para outras mídias como internet, com os anos, avanço da banda larga brasileira, ajudarão muitas emissoras. A tecnologia ainda é cara, pouco acessível a rádios comunitárias como a nossa que muitas vezes dependem de doação.

Defendo que o governo deveria antes de liberação da tecnologia digital, estruturar a rede de rádios no Brasil, criar canais de freqüências mais baixas (50 watts, 100 watts e assim por diante) para quem queira investir em radiodifusão. Assim sobreviveriam que for melhor. O bom mesmo seria se toda cidade tivesse sua emissora.

 

Gostaria de agradecer a sua entrevista Willian Dettoni e a todos da rádio amor FM

 

 

               obrigado pela atenção, apoio e parceria de sempre.

acesse o site da rádio www.radioamorfm.com.br

 

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Revista entrevista

Globo ganha audiência em Portugal

 

Em três meses de existência, a TV Globo Portugal, parceria entre a Globo e a operadora TV Cabo, conquistou cerca de 20 mil assinantes. Apesar de a Globo Internacional estar presente em 110 países, com esse número, Portugal fica entre os cinco principais mercados em que a Globo atua – ao lado de Angola, EUA, Japão e México.O lançamento da TV Globo Portugal foi em outubro de 2007 com uma festa em Lisboa, que reuniu TV Globo Portugal  Essa foi uma das principais iniciativas da emissora internacional no ano passado.

Com uma programação que mistura atrações da TV Globo, GNT, Multishow, Globo News e Futura, o canal é focado em entretenimento, informação e esportes.

O BBB8 está sendo transmitido ao vivo para Portugal – esta é a primeira vez que o reality brasileiro é exibido em outros países. Os programas favoritos do público são os de entrevistas como Jô, Marília Gabriela Entrevista, Estrelas e Altas Horas , já que os artistas da Globo são muito conhecidos pelas novelas.

Na grade, também há minisséries, humorísticos, shows, infantis, documentários e noticiários.

Fonte; O Estado de S. Paulo

1 comentário

Arquivado em Papeando, Rádio e Televisão

Feliz Natal

A equipe da Revista online , deseja a todos os internautas não só visitantes de nosso blog mas de um modo geral, um natal muito feliz com muita fartura na mesa ,alegria,familiares reunidos felizes,celebrando o dia do nascimento de jesus.

Um Feliz natal……. para todos nós

Deixe um comentário

Arquivado em Dica Revista Online

As 5 perguntas que os homens odeiam e as mulheres adoram fazer

. Em que você está pensando?
2. Você me ama?
3. Você acha que estou gorda?
4. Você acha que ela é mais bonita do que eu?
5. O que você faria se eu morresse?O que torna estas perguntas tão difíceis é que com certeza vai começar uma discussão se o homem responder incorretamente (isto é, se disser a verdade). Então, para ajudar, cada questão é analisada abaixo, juntamente com possíveis respostas.

Questão 1: Em que você está pensando?

A resposta apropriada é, claro:

“Desculpe-me se tenho andado pensativo, querida. Eu estava só refletindo sobre quão terna, maravilhosa, carinhosa, inteligente você é, e como tenho sorte em tê-la encontrado.”

Esta resposta obviamente não tem a mínima semelhança com a resposta verdadeira, que, na maioria das vezes, é uma das seguintes:

a. Futebol
b. Mulher
c. Em como você está gorda.
d. Em como ela é mais bonita do que você.
e. Como eu gastaria o dinheiro do seguro, se você morresse.

Talvez a melhor resposta a esta pergunta seja a sugerida por Al Bundy, (aquele vendedor de sapatos da série “Um amor de família”) que uma vez falou para Peg : “Se eu quisesse que você soubesse o que estava pensando, eu estaria falando com você!”

Questão 2: Você me ama?

A resposta apropriada é: “SIM!” ou, se você sentir que uma resposta mais detalhada vale a pena, “Sim, querida”.

Respostas inapropriadas incluem:

a. A sim, p’ra car..amba
b. Se eu dissesse que sim, você se sentiria melhor?
c. Depende do que você entende por amor.
d. Isto importa?
e. Quem, eu?

Questão 3: Eu estou gorda?

A resposta correta é um enfático: “Claro que não!”
Entre as incorretas, estão:

a. Comparada com o quê?
b. Não diria gorda, mas você não está exatamente magra.
c. Uns quilinhos extras ficam bem em você.
d. Já vi mais gordas.
e. Claro que não, Free Willy.

Questão 4: Você acha que ela é mais bonita do que eu?

Mais uma vez, a resposta apropriada é um enfático: “Claro que não!”

Respostas incorretas incluem:

a. Sim, mas você tem mais personalidade.
b. Não mais bonita, mas, definitivamente, mais magra.
c. Não tão bonita quanto você na idade dela.
d. Defina bonita.

Questão 5: O que você faria se eu morresse?

Uma pergunta definitivamente sem saída. (A resposta verdadeira, claro, é “Compraria um Audi TT e um barco”.)

Não importa qual seja a resposta, esteja preparado para, pelo menos, uma hora de perguntas e mais perguntas, mais ou menos nesta ordem:

MULHER: Você se casaria novamente?

HOMEM: Definitivamente, não!

MULHER: Por quê? Você não gosta de estar casado?

HOMEM: Claro que sim.

MULHER: Então, você não se casaria?

HOMEM: Ok, eu me casaria novamente.

MULHER: Casaria? (Com um olhar magoado.)

HOMEM: (Resmungo audível.)

MULHER: Você dormiria com ela na nossa cama?

HOMEM: Onde mais?

MULHER: Você guardaria minhas fotos
e substituiria pelas fotos dela?

HOMEM: Isto seria o óbvio.

MULHER: E você a deixaria usar meus tacos de golfe?

HOMEM: Ela não pode; é canhota.

MULHER: – – – silêncio – – –

HOMEM: Puta merda …!

1 comentário

Arquivado em ai fididu ai que ódio!

Em que mundo estamos?ajude é importante

um presidente prefere comprar aviões e armas para guerra do que ajudar seu povo sofrido,com fome sem saúdecientistas ,especialistas ,filosofos preferem gastar milhoes tentando se comunicar com et ao ajudar a quem precisa passa fome, um mundo onde preferem semear a guerra,onde cada um se preocupa cada vez  mais com si mesmo e esquece do amor ao proximo,da amizade , . onde a violencia e o pré conceiro a inveja e a ganância pelo dinheiro dominam .

 

você pode ajudar a melhorar o mundo a escolha é sua

por favor ajude a divulgar este video ceda um espaço em seu blognão deixe esta ser mais uma manifestação sem voz

3 Comentários

Arquivado em Por um mundo melhor